Soluções em Nuvem

O novo contexto de data center amplia limites do hardware de um local físico para um cenário de infraestrutura digital extremamente veloz, complexa e em constante expansão. Isso exige que a TI adote uma nova abordagem de gerenciamento de infraestrutura de data center que permita:

Trabalhe de onde quiser e a qualquer hora

Com o uso contínuo de recursos em nuvem permitem a você e sua empresa possuir uma infraestrutura convergente acessível de qualquer local e com toda segurança e confiabilidade

O que as pessoas estão dizendo...

Ao questionar alguns de nossos clientes sobre nossas soluções e se estão felizes com o resultado:

Últimas notícias

Aqui você confere todas as novidades para ficar dentro do que esta acontecendo no mercado de TI e novidades em tecnologia

Procon aplica multa milionária à Apple e Google por FaceApp

Google terá que pagar quase R$ 10 milhões, e Apple, R$ 7,7 milhões, por aplicativo que envelhece o rosto de usuários

Procon-SP multou as empresas Apple e Google por desrespeito às regras previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC) enquanto papel de fornecedoras autorizadas em suas respectivas plataformas, do aplicativo FaceApp, que possuía filtros para envelhecer o rosto dos usuários e se tornou febre no Brasil recentemente. 

As multas para as gigantes são milionárias. Google deverá pagar, segundo a Fundação, R$ 9.964.615,77 (valor máximo estipulado), e a Apple, R$ 7.744.320,00. Ambas poderão recorrer da decisão. 

Em comunicado oficial enviado ao Olhar Digital, o Google informa que: Seguindo a filosofia do sistema operacional Android, a Google Play é uma loja virtual aberta na qual o próprio Google e terceiros podem disponibilizar aplicativos e jogos, que podem ser baixados por usuários para serem utilizados em seus celulares. O Marco Civil da Internet e o próprio Código de Defesa do Consumidor dispõem que as lojas virtuais não devem ser responsabilizadas pelas práticas e políticas de aplicativos de terceiros, por isso, tomaremos as medidas necessárias para questionar a multa imposta pelo Procon“.

A Apple Computer Brasil Ltda. informou que não vão comentar sobre o assunto. 

As penalidades aplicadas se referem ao ferimento da “Política de Privacidade” e “Termos de Uso“. De acordo com o órgão de defesa do consumidor, as empresas que possuem responsabilidade sobre dados essenciais dos produtos e serviços que ofertam, não disponibilizaram informações em português. Recentemente, o assunto esteve em pauta no  Olhar Digital News, que trouxe o advogado e consultor da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) Leandro Alvarenga para falar sobre assunto

Segundo o diretor da Fundação Procon-SP, os valores das multas são distintas por serem estipuladas de acordo com o faturamento de cada empresa. O aplicativo russo FaceApp não foi penalizado por não possuir representação jurídica no Brasil. 

Proteção de Dados

No mês passado, as gigantes da tecnologia e o próprio aplicativo russo já tinham sido notificados pelo Procon-SP. O mesmo app de filtros, aliás, já estava sendo investigado na Europa por questões ligadas à privacidade e coleta de dados (GDPR), segundo Alvarenga.

No Brasil, as questões desrespeitadas segundo o Procon-SP, que ainda não serão submetidas às regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), prevista para vigorar em agosto de 2020, acabam sendo julgadas com base em leis mais genéricas, como o Código de Defesa do Consumidor, o Código Civil ou o Marco Civil da Internet, de acordo com o especialista em Direito Digital Renato Blum.

Recurso

Google e Apple poderão recorrer em duas instâncias administrativas sobre as multas aplicadas, segundo o órgão. Além do direito de defesa, elas poderão recorrer judicialmente dessas multas ou mesmo quitá-las, com direito a 30% de desconto, caso o pagamento se dê à vista.

Reportagem original: https://olhardigital.com.br/noticia/procon-aplica-multa-milionaria-a-apple-e-google-por-faceapp/89772

Xbox Live cai pela segunda vez na semana e expõe problema crônico do Xbox

Não foi uma semana muito boa para a Xbox Live. Nesta sexta-feira, o serviço ficou fora do ar pela segunda vez, fazendo com que os usuários não fossem capazes apenas de acessar jogos com multiplayer online, mas impedindo a reprodução de vários aplicativos.

A situação fez com que a Microsoft reconhecesse um defeito na arquitetura do Xbox, que faz com que muitos apps dependam de uma verificação com a Xbox Live, mesmo que seu funcionamento seja completamente independente da plataforma da Microsoft. O resultado é que Amazon Prime Video, Spotify e tantos outros serviços que continuavam no ar em todas as outras plataformas ficavam indisponíveis no Xbox.

Phil Spencer, chefe da divisão do games na Microsoft, já havia dito que esse era um problema a ser resolvido. Isso, no entanto, foi afirmado em 2015, quando questionado pelo jornalista Tom Warren. “Eu acredito que você está certo. A dependência entre serviços precisa ser minimizada”, disse ele na ocasião.

A essa altura da geração de consoles, parece pouco provável que a Microsoft dará fim nesta questão, mas será interessante observar se o “Scarlett”, codinome do próximo Xbox, será desenvolvido de uma forma que permita maior independência entre aplicativos e a Xbox Live.

Casa conectada é o destaque da Eletrolar Show 2019

Marcas como Xiaomi, LG e Positivo, entre outras, apresentam seus produtos para esse segmento. Além disso, há diversos itens inusitados em exposição

A Eletrolar Show começou hoje em São Paulo e vai até quinta-feira, 1º de agosto. Mais de 700 empresas expõem seus produtos por lá e o grande destaque da feira é a casa conectada. Há opções de todo tipo e para todos os bolsos, já que diferentes marcas mostram suas novidades nesse segmento. Isso inclui desde kits para automação de aspectos de segurança, como sensores de presença e smart lâmpadas, até televisores que funcionam como o centro inteligente da casa e eletrodomésticos que podem ser ligados a distância pelo celular.

Entre as fabricantes que oferecem esse tipo de solução estão a LG, a Positivo Casa Inteligente, a Xiaomi, a Orvibo e a i2Go. A LG fez de seus televisores o hub central da casa conectada: pelo aparelho, é possível ligar e desligar outros eletrodomésticos, bem como acompanhar o funcionamento deles. Além disso, nas lavadoras de roupas, a empresa colocou inteligência artificial para que elas detectem o tipo de tecido a ser lavado e a melhor forma de fazê-lo.

Já a Positivo Casa Inteligente destaca seus kits como os mais baratos do mercado — já que são voltados à classe média. Entre as opções da fabricante estão lâmpadas, câmeras de monitoramento, plugues para tomadas, sensores e alarmes. Os preços começam em R$ 99 e tudo é controlado por um aplicativo de celular.

A Xiaomi também tem kits para quem quer automatizar a casa, com lâmpadas, luminárias e sensores. Além disso, a companhia mostra na Eletrolar o smartphone Mi 9T, com câmera selfie pop-up, bem como os modelos Redmi 7A e Mi A3 — nenhum deles, entretanto, tem data de lançamento ou preço definidos.

Outra empresa com dispositivos para deixar a casa conectada é a Orvibo. Da fechadura biométrica à automação da cortina, passando pelo espelho inteligente que permite controlar todos os dispositivos da casa, a companhia tem soluções para os mais diferentes cômodos da residência.

Cada um dos moradores pode definir como prefere que o ambiente o receba quando chegar: pode ser, por exemplo, que o pai queira ouvir sua playlist preferida do YouTube na TV sob uma iluminação minimalista, enquanto a mãe opte por chegar ao som de música clássica e todas as luzes acesas, e o filho escolha ter seu game preferido carregado na TV do escritório e pronto para uso. Quando o dedo é colocado na fechadura, o local se adapta automaticamente.

A i2Go também tem uma linha de itens para tornar a casa mais conectada e inteligente. A gama de produtos inclui sensores wi-fi, câmeras internas e externas, lâmpadas e plugues. Com os plugues, é possível tornar qualquer tomada comum em smart e, assim, ligar um aparelho conectado a ela a distância. Isso facilita, por exemplo, preparar o jantar na fritadeira a ar enquanto está a caminho de casa. Ou, quem sabe, ligar o circulador de ar para refrescar o ambiente e deixá-lo preparado para recebê-lo.

Produtos inusitados

Além disso, o Olhar Digital deu uma volta pela feira e selecionou alguns itens curiosos. Veja!

A Geonav mostra seu AerBone. É um fone de ouvido que usa os ossos da face para propagar o som. Assim, não é preciso colocá-lo dentro da orelha para ouvir suas músicas preferidas. Isso é uma vantagem para quem precisa estar atento aos sons ambientes, como ciclistas ou quem usa patinete elétrico. O produto custa R$ 599.

Para quem está em busca de uma película resistente para o celular, a X-One oferece seus modelos Extreme Shock Eliminator. Na feira, a marca demonstra como o produto é resistente: um iPhone com a película instalada é usado como martelo para fixar um prego em um pedaço de madeira. Além disso, a empresa mostra as capas Dropguard, que absorvem impactos durante quedas e evitam que o telefone sofra danos. As películas custam a partir de R$ 100 e as capas, R$ 149,90.

No quesito saúde, a marca Beurer tem dispositivos inovadores. Um deles é a Máscara Snore. Com ela, sempre que o indivíduo ronca, um pulso é enviado ao cérebro. Assim, as vias respiratórias se abrem para que ele respire melhor e pare de roncar. Custa R$ 800.

E quem tem dificuldade para dormir pode usar o dispositivo anti-estresse da empresa. É só colocá-lo no diafragma, ouvir a música zen disponível no aplicativo próprio do aparelho e adormecer em minutos. Sai por R$ 800. A companhia tem, ainda, outros itens para a saúde, como cadeiras massageadoras, balanças que medem bioimpedância e gordura visceral e dispositivos que ativam os músculos com pulsos elétricos durante o treino na academia.

Para os dias de inverno e baixa umidade relativa do ar, uma boa opção é o umidificador portátil USB Fresh, da On Eletrônicos. Ele pode ser usado com qualquer copo ou garrafa e garante a umidificação de até 15m². O preço é R$ 59.

Ainda para o inverno, a AND tem o Aquecedor Stang para pequenos ambientes. Ele pode ser conectado ao aplicativo da marca e conectado a distância. Assim, é possível ligá-lo ao sair do trabalho e ter a casa quentinha ao chegar. A temperatura máxima que o dispositivo atinge é 30°C. Além disso, o aparelho pode ser usado como secadora de roupas: colocado dentro de uma capa especial equipada com um varal, permite secar as peças de forma mais rápida.

Conheça nossa Equipe

Bruno d´Anna

Bruno d´Anna

Diretor de TI
Sarah Culan

Sarah Culan

Developer
Chao Kang

Chao Kang

Developer
Megan Sheryl

Megan Sheryl

Developer

Produtos em destaque

Produtos e soluções para atender seus negócios

Conheça nossos clientes

Oferecemos as melhores soluções em TI para atender as necessidades de seus negócios

Suporte rápido pelo Telefone: (11) 4232-3608,   Pelo Zap: