Onde ficam armazenadas as conversas no WhatsApp? Entenda quando dados podem ser recuperados e perdidos

Onde ficam armazenadas as conversas no WhatsApp? Entenda quando dados podem ser recuperados e perdidos

Conforme matéria divulgada https://g1.globo.com/economia/tecnologia/blog/altieres-rohr/post/2021/04/20/onde-ficam-armazenadas-as-conversas-no-whatsapp-entenda-quando-dados-podem-ser-recuperados-e-perdidos.ghtml

Conversas do WhatsApp, áudios e imagens permanecem no telefone mesmo após a desativação da conta e devem ser removidas com uma redefinição do aparelho para garantir a privacidade

O WhatsApp é diferente de outros serviços de comunicação como Skype, Telegram, Instagram e Discord.

Nesses serviços, as conversas ficam armazenadas na “nuvem” e associadas à sua conta. No WhatsApp, somente os grupos pertencem à conta. As conversas dependem do backup, que é separado da conta.

Enquanto a proteção da conta é importante para garantir o seu acesso ao serviço, limitar o acesso ao aparelho e o backup, no caso do WhatsApp, é essencial para resguardar as suas conversas.

É importante entender que o “número do WhatsApp” e o número do seu telefone são coisas separadas. Pode parecer confuso, já que você usa o mesmo número de telefone no WhatsApp e para chamadas, mas, infelizmente, é algo que precisa ser compreendido.

Quer fazer um teste? Retire o chip do seu celular e coloque em outro aparelho. Ligue o seu telefone. Você vai continuar usando o WhatsApp no aparelho antigo pelo Wi-Fi, ou até com um chip novo e outro número, mas seu WhatsApp continuará “atendendo” no número antigo.

O WhatsApp não vai “reclamar” se o aparelho estiver com um número diferente do ativado. As mensagens que você vai receber no WhatsApp serão as enviadas para o número antigo.

Você só vai perder o acesso se o WhatsApp for registrado com aquele número em outro aparelho, porque o WhatsApp não aceita estar instalado em dois celulares com o mesmo número. A nova ativação fará com que o antigo seja desconectado.

Também é preciso entender que o WhatsApp armazena as conversas no aparelho. Não tem a ver com o número, porque as conversas estão todas no próprio smartphone. Você tem a opção de salvar um backup na nuvem, mas isso é só uma cópia das informações locais.

Então, fazer portabilidade ou qualquer mudança no chip não vai apagar ou retirar o acesso pleno às suas conversas.

Se as mensagens estão sempre armazenadas localmente no celular e há um backup opcional em nuvem, temos as seguintes conclusões:

  • Instalar outro chip (trocar de número) não remove suas conversas do WhatsApp. As mensagens ficam armazenadas no aparelho.
  • Ativar o seu número no WhatsApp em outro aparelho não remove as mensagens do aparelho antigo, porque elas estão armazenadas localmente naquele aparelho.
  • Trocar de celular (seja com o mesmo chip ou outro chip com o mesmo número) não vai recuperar as mensagens do telefone antigo. É obrigatório realizar o backup (para Google Drive, no Android, ou iCloud, no iPhone) e restaurar esse backup.
  • Trocar de chip (mas não de celular) não vai apagar suas mensagens, porque elas continuam armazenadas no seu aparelho. Você pode utilizar a opção “Trocar de número” do WhatsApp para migrar sua conta e reativar o WhatsApp em um novo número
  • Migrar de celular de um aparelho Android para iPhone ou vice-versa e manter suas conversas no WhatsApp pode ser um desafio, porque o backup não estará disponível em nuvem (o backup do Android fica no Google Drive, mas o WhatsApp do iOS vai procurá-lo no iCloud). Caso o acesso a mensagens em vários sistemas seja desejável, o blog recomenda usar um app de conversas com armazenamento em nuvem dedicada, como Messenger, Telegram, Discord, Skype ou Instagram. Lembre-se, porém, de proteger a sua conta (usuário e senha) para evitar qualquer acesso indevido.
  • Não é possível ‘apagar mensagens’ em um celular antigo a partir do WhatsApp ativado em um celular novo porque o WhatsApp salva as conversas apenas no próprio aparelho e não é possível que o WhatsApp esteja ativado com o mesmo número em dois aparelhos ao mesmo tempo.

Se você não deseja perder suas mensagens do WhatsApp, é obrigatório usar o backup das conversas e a opção “Trocar de número” sempre que você comprar um chip com um número diferente.

Sem isso, o backup pode ficar inacessível e as mensagens antigas serão perdidas.

Por outro lado, celulares antigos devem ser redefinidos para os para os padrões de fábrica (também chamado de limpeza de dados ou restauração de sistema) para apagar todos os apps e dados. Apenas isso vai ajudar a manter suas conversas antigas sob sigilo.

Se você não usar a opção 'Mudar número' do WhatsApp após trocar de chip, aplicativo continuará ativado com o número antigo. — Foto: Reprodução
e você não usar a opção ‘Mudar número’ do WhatsApp após trocar de chip, aplicativo continuará ativado com o número antigo. — Foto: Print Compuword

Dar, vender ou ceder um aparelho usado sem realizar uma limpeza de dados com a redefinição de sistema pode permitir que o novo dono do aparelho recupere dados antigos, sejam eles fotos, mensagens ou até áudios do WhatsApp.

Lembre-se também do seguinte: mesmo que alguma informação não esteja disponível (porque o WhatsApp foi desinstalado, por exemplo), isso não significa que os dados desapareceram do smartphone. Muitos arquivos podem ser recuperados ou lidos com ferramentas específicas.

A redefinição de sistema é sua única ferramenta confiável para tentar evitar que dados sejam recuperados do smartphone.

Nova Politica de Privacidade do WhatsAPP

Nova Politica de Privacidade do WhatsAPP

Tire suas dúvidas sobre a Política de Privacidade do WhatsApp

Com a recente atualização da nossa Política de Privacidade, recebemos muitas perguntas às quais gostaríamos de responder para evitar a disseminação de notícias incorretas e rumores. Além disso, gostaríamos de reiterar que não medimos esforços para ajudar as pessoas a se comunicarem com privacidade por meio do WhatsApp.

Queremos esclarecer que a atualização da Política de Privacidade não afeta, de forma alguma, a privacidade das mensagens que você troca com seus amigos e familiares. As mudanças nessa atualização são relacionadas aos recursos comerciais e opcionais do WhatsApp, e fornecem mais transparência sobre como nós coletamos e usamos esses dados. Saiba mais sobre os novos recursos comerciais e a atualização da Política de Privacidade do WhatsApp neste artigo.

COMPARTILHAR NO WHATSAPP

A privacidade e a segurança das suas mensagens pessoais

Não podemos ler suas mensagens pessoais nem ouvir suas chamadas no WhatsApp: o WhatsApp e o Facebook não podem ler suas mensagens nem ouvir suas chamadas com colegas de trabalho, amigos e familiares. Tudo que você compartilha fica só entre você e os participantes das conversas. Suas mensagens pessoais são protegidas com a criptografia de ponta a ponta, e jamais enfraqueceremos essa tecnologia de segurança. Além disso, continuaremos exibindo um aviso sobre essa proteção em cada conversa para que você tenha certeza do nosso compromisso. Saiba mais sobre a segurança do WhatsApp em nosso site.

Não mantemos registro das pessoas para as quais você ligou ou enviou mensagens: normalmente, empresas e operadoras de telefonia mantêm esses dados, mas nós acreditamos que manter os registros de dois bilhões de usuários seria um risco de privacidade e segurança. Por isso, não o fazemos.

O WhatsApp e o Facebook não podem ver a localização que você compartilha: quando você compartilha sua localização com alguém no WhatsApp, ela é protegida pela criptografia de ponta a ponta. Assim, somente as pessoas com as quais você compartilhou sua localização podem vê-la e ninguém mais.

O WhatsApp não compartilha seus contatos com o Facebook: quando você nos dá permissão, nós acessamos somente os números de telefone da sua agenda para tornar a troca de mensagens mais rápida e confiável. Nós não compartilhamos sua lista de contatos com os outros apps do Facebook.

As conversas em grupo continuam privadas: nós utilizamos as informações de participação dos grupos para entregar as mensagens aos participantes dos grupos e proteger nossos serviços de abusos e mensagens indesejadas (spam). Nós não compartilhamos esses dados com o Facebook para o propósito de exibir anúncios. Reiteramos que as conversas pessoais são protegidas com a criptografia de ponta a ponta e, portanto, não podemos ler nem ouvi-las.

Você pode utilizar as mensagens temporárias: para ter mais privacidade, você tem a opção de utilizar o recurso de mensagens temporárias para enviar mensagens que desaparecem das conversas após 7 dias da data do envio. Saiba mais na nossa Central de Ajuda.

Você pode baixar seus dados: para saber quais informações nós mantemos sobre sua conta, você pode baixar um relatório com todas as informações diretamente do app do WhatsApp. Saiba mais neste artigo.

Mensagens para empresas e como trabalhamos com o Facebook

Diariamente, milhões de pessoas em todo o mundo se comunicam de forma segura com empresas de todos os tamanhos por meio do WhatsApp. Se você escolher conversar com uma empresa, queremos que essa comunicação seja fácil e cada vez melhor. No WhatsApp, sempre informaremos, de maneira clara, quando você estiver conversando com alguma empresa que utiliza nossos recursos comerciais.

Serviços de hospedagem do Facebook: as conversas com empresas são diferentes das conversas com amigos e familiares. Algumas empresas de grande porte precisam utilizar serviços de hospedagem para gerenciar as comunicações com seus clientes. Por isso, oferecemos às empresas a opção de utilizar os serviços seguros de hospedagem do Facebook para gerenciar as conversas com seus clientes no WhatsApp, responder a perguntas e enviar informações úteis, como recibos de compra. Porém, o conteúdo da sua conversa (seja por telefone, e-mail ou WhatsApp) pode ser visto/lido pela empresa, e algumas informações compartilhadas na conversa podem ser utilizadas pela própria empresa para fins de marketing, inclusive para fazer publicidade no Facebook. Para ter certeza de que você está ciente dessas situações, nós informaremos claramente na conversa se uma empresa optou por utilizar os serviços de hospedagem do Facebook.

Descobrir outras empresas: você poderá ver um anúncio no Facebook com um botão para enviar mensagens para uma empresa por meio do WhatsApp. Se você tiver o WhatsApp instalado no seu celular, será possível enviar mensagens diretamente para essa empresa. O Facebook, por sua vez, poderá utilizar os dados de como você interage com esses anúncios para personalizar os anúncios que você verá no futuro.

Pagamentos no WhatsApp: os pagamentos processados pela Interface de Pagamento Unificada (UPI, na sigla em inglês) do WhatsApp têm uma Política de Privacidade específica que não será afetada por essa atualização.

Novo bug pode ‘travar’ WhatsApp e destruir grupos de conversa em versões desatualizadas do aplicativo

Novo bug pode ‘travar’ WhatsApp e destruir grupos de conversa em versões desatualizadas do aplicativo

Conforme reportagem do site olhar digital:

Falha pode inutilizar o app de todos os participantes do grupo, e torná-lo inacessível para sempre; atualização já está disponível

Checkpoint Research, grupo de pesquisa da empresa especializada em segurança digital Checkpoint Security, alerta para um bug no WhatsApp que pode fazer o aplicativo “travar” em um “loop” de fechamentos constantes e destruir permanentemente grupos de conversas.

Chamado de BreakingApp, o bug explora uma falha na forma como os números de telefone dos participantes do grupo são processados pelo app. Ao interceptar e manipular o conteúdo de uma mensagem enviada através do WhatsApp Web, um malfeitor pode modificar o número de telefone para um valor inválido, que fará o app de todos os participantes fechar inesperadamente.

Uma vez afetado, o WhatsApp irá continuar fechando sozinho sempre que o usuário tentar usá-lo. A única saída é desinstalar e reinstalar o aplicativo. Mas além do incômodo, há um efeito colateral mais severo: o grupo e seu histórico ficarão completamente inacessíveis para todos os participantes. Não há como recuperá-lo, e ele precisará ser excluído.

O bug foi reportado pela Checkpoint Research em agosto deste ano, e corrigido a partir da versão 2.19.246 do WhatsApp, lançada em 5 de setembro. Portanto, a maioria dos usuários deve estar protegida. Se você não tem certeza se seu app está atualizado, abra a play store de seu celular e verifique as atualizações disponíveis.